Turismo

O Amazonas é o maior Estado do Brasil. Possui mais de 1,5 milhão de quilômetros quadrados e ocupa mais de 18% do território nacional. Seus 62 municípios têm ao mesmo tempo as terras mais altas do país, como o pico da Neblina (2.993 metros de altitude) e o pico 31 de Março (2.972 metros de altitude) e a maior extensão de terras baixas, com menos de 100 metros de altitude, do Brasil. Segundo Censo 2010 do IBGE, a população do Estado é de 3.483.985 habitantes, sendo que 1.802.014 habitantes vivem em Manaus.

O Amazonas é banhado pela bacia hidrográfica amazônica, que responde por aproximadamente 20% da água doce do planeta. Os principais rios são Negro (que banha a cidade de Manaus), Amazonas-Solimões, Madeira, Juruá, Purus, Içá, Uaupés e Japurá. No Brasil, país caracteristicamente tropical, o Amazonas é dominado pelo clima equatorial, predominante na Amazônia, tendo uma temperatura média de 26° Celsius. Ele também é o Estado mais preservado do país, com 98% de sua cobertura florestal original. Somente suas áreas protegidas por leis federais e estaduais, como parques e reservas florestais, ocupam um território equivalente a 20 vezes o tamanho do Líbano e o dobro de Portugal. Aliados a esse universo verde estão os rios, lagos e igarapés, componentes indispensáveis para marcar o contato inesquecível com a maravilhosa natureza amazônica.

Com vida cultural intensa, na qual se destacam o Festival Folclórico de Parintins, com o duelo dos bumbás Garantido e Caprichoso, o Festival Internacional de Ópera e o Festival Internacional do Cinema de Aventura, o Amazonas possui características muito especiais que se expressam na alegria do povo e nas raízes do folclore regional.

O turismo de natureza, ou ecotursimo, é o principal atrativo dos roteiros do Amazonas. O visitante tem a oportunidade de conhecer, aprender e valorizar a importância da floresta tropical e os habitantes que nela vivem, que são os principais responsáveis pela sua conservação. Por seu contato direto com a natureza, o Estado faz parte dos roteiros oferecidos pelas agências nos programas de barco, pernoites em hotéis de selva e passeios pela floresta. O ecoturismo pode ser praticado no Amazonas durante o ano todo, pois a sazonalidade que ocorre na floresta de várzea, local onde as comunidades vivem, oferece dois belos paisagismos, permitindo ao turista vivenciar a floresta em época de seca e de cheia (alagada). Além das caminhadas na floresta, do passeio de canoa nas trilhas aquáticas, observando a beleza da natureza e os que vivem nela, o turista ainda usufruir da convivência com o homem da floresta conhecendo o seu modus vivendis e interagindo no seu dia-a-dia.

Conheça Mais

  • Serviços

    • Órgãos e Entidades

    • Instituições