Omar Aziz

GOV_OMAR

GOVERNADOR

O engenheiro civil Omar Aziz assumiu o Governo do Amazonas no dia 31 de março de 2010, em substituição ao então governador Eduardo Braga, que renunciou para concorrer a uma vaga no Senado Federal. Juntos, Braga e Omar foram eleitos governador e vice, respectivamente, por duas vezes consecutivas, em 2002 e 2006. Em 3 de outubro de 2010, Omar foi reeleito o governador mais votado da história do Estado, com 63,9% da preferência dos eleitores, para mais quatro anos de mandato.

Trajetória

Omar Aziz nasceu em 13 de agosto de 1958, na cidade de Garça, interior de São Paulo, onde viveu os primeiros anos da sua infância. Filho de pai palestino e mãe brasileira é o mais velhos dos seis filhos do casal Muhamad e Delfina Aziz. Em 1966, aos 8 anos de idade, mudou-se com a família para a cidade de Ancash, no Peru e em 1971, após sobreviver a um terremoto naquele país, a família resolveu instalar-se em Manaus.

Foi aluno do Colégio Estadual de Manaus (Colégio Amazonense Dom Pedro II), da Escola Técnica Federal do Amazonas (Ifam) e graduou-se em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Amazonas.

Omar Aziz iniciou sua carreira política no começo da década de 80, no movimento estudantil. Em 1981 foi eleito presidente da Engenhoca, que antecedeu a criação do Diretório Acadêmico de Engenharia da Ufam e, em 1984, foi diretor do Diretório Central dos Estudantes (DCE). Filiado à época ao então clandestino Partido Comunista do Brasil (PCdoB), participou ativamente de vários movimentos visando a redemocratização do País, entre eles o das “Diretas Já”. Assumiu a direção da Fundação de Desenvolvimento e Apoio Comunitário (Fundac), em 1987, seu primeiro cargo na vida pública.

Foi eleito vereador na cidade de Manaus por dois mandatos consecutivos (1988 e 1992), sendo no último deles o mais votado, quando assumiu a presidência da Câmara Municipal. Foi também deputado estadual mais votado (1994) e vice-prefeito em duas ocasiões, quando acumulou o cargo como secretário municipal de Obras, sendo responsável pela execução das maiores obras viárias até então implantadas na cidade.

Em 2001 esteve à frente da Secretaria Estadual de Segurança Pública, ocasião em que pôs em prática um arrojado plano de combate à criminalidade, mas não deixou de atuar na prevenção e recuperação de jovens em situação de risco social, criando o premiado programa Galera Nota Dez.

Desincompatibilizou-se em abril de 2002 para concorrer ao cargo de vice governador. No dia primeiro de janeiro de 2003 foi empossado, junto com o então governador eleito Eduardo Braga. Em 2006, foi reeleito, ao lado de Eduardo Braga.

É casado com Nejmi Aziz. O casal tem quatro filhos. Omar teve ainda uma filha do primeiro casamento, Mayara, já falecida.

  • Serviços

    • Órgãos e Entidades

    • Instituições