Professoras e alunas da rede pública estadual são premiadas pela Fapeam

FOTO: DIVULGAÇÃO/ Fapeam
FOTO: DIVULGAÇÃO/ Fapeam

No total, 33 professoras e 99 alunas receberam destaque ou menção honrosa pelos projetos

As pesquisas desenvolvidas por alunas e professoras da Secretaria de Educação e Desporto foram premiadas pelo “Mulheres e Meninas na Ciência”, do Programa Ciência na Escola (PCE), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). No total, 33 professoras e 99 alunas receberam destaque ou menção honrosa pelos projetos.

As concessões de menções honrosas correspondem às áreas de Ciências Humanas; Linguísticas, Letras e Artes; e Ciências Biológicas. Cada coordenadora receberá um troféu; cada bolsista, uma medalha; e a escola, uma placa de menção honrosa pelo projeto desenvolvido.

As menções honrosas foram conferidas a 25 projetos da Secretaria de Educação, da capital e do interior, sendo um deles da cidade de Santo Antônio do Içá (a 880 quilômetros de Manaus), que pesquisou a “Cesta Básica Regionalizada em Santo Antônio do Içá”. O projeto foi desenvolvido pela professora Francinete Chota, com as alunas Elciane Pereira e Sheila Chaves, e ficou em primeiro lugar na rede estadual de ensino.

O coordenador institucional do PCE na Secretaria de Educação, Mailson Rafael Ferreira, diz que é importante incentivar a participação das escolas nos programas científicos.

“O PCE é um programa inovador e incentivador que, em parceria com a Seduc, oportuniza que professores e alunos da educação básica também façam pesquisa científica nas escolas, sendo muitos desses projetos coordenados por professoras e dos quais participam meninas cientistas, enchendo nossa secretaria de orgulho”, assinalou Ferreira.

“Por isso, a relevância dessa Premiação Mulheres e Meninas na Ciência do Programa Ciência na Escola, pois ela valoriza projetos brilhantes desenvolvidos por professoras e alunas da educação básica de escolas estaduais do Amazonas, incentivando outras a entrarem nesse fascinante universo científico escolar”, acrescentou o coordenador.

Houve, também, um destaque para os oito trabalhos realizados nas áreas de Ciências Exatas e da Terra, onde há desequilíbrio de gêneros entre coordenadores de projetos de pesquisa. Os destaques de Ciências Exatas foram para alunas e professoras de Manaus, Benjamin Constant, Itacoatiara, Barreirinha e Parintins.

Os projetos concorreram pelo no edital nº 003/2019 do PCE e foram desenvolvidos em diferentes áreas do conhecimento. Receberam certificado de menção honrosa as coordenadoras, bolsistas e escolas.