Auditores do controle interno recebem orientações para plano de ação no segundo semestre

FOTO: DIVULGAÇÃO/CGE-AM
FOTO: DIVULGAÇÃO/CGE-AM

Servidores da Subcontroladoria-Geral de Controle Interno participaram de uma reunião para alinhar os critérios e as etapas das auditorias que serão realizadas pela Controladoria-Geral do Estado (CGE) nos próximos meses. No total, 119 unidades, entre órgãos e entidades, serão auditados e ao final do processo, certificados com as devidas avaliações verificadas durante as fiscalizações.
O objetivo é garantir a correta aplicação dos recursos públicos e contribuir para o equilíbrio financeiro do Estado. A reunião ocorreu na sede da CGE, na manhã desta quarta-feira (31/07).

A etapa inicial compreende o planejamento das ações, a identificação das normas a serem instrumentalizadas e o levantamento das informações sobre os órgãos para, em seguida, realizar a averiguação in loco. A equipe tem o prazo para iniciar as auditorias em setembro.

O Controlador-Geral do Estado, Alessandro Moreira, informou que a equipe de auditores contará com o auxílio de técnicos da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), que contribuirão com a realização de treinamentos. “Os treinamentos com os técnicos da Sefaz iniciam na próxima semana. O repasse de informações atenderá às nossas necessidades. Vamos trabalhar todos os nossos procedimentos, iniciando pelos planejamentos e pelo plano de auditoria. Queremos o melhor para o Estado. Queremos ajudar os gestores a resolver os problemas”, frisou o controlador.

Segundo a subcontroladora-geral de Controle Interno, Lúcia Magalhães, é imprescindível que o auditor siga a legislação e analise se o serviço foi prestado conforme as normas legais, conteúdo que deverá ser descrito nos relatórios. “O auditor deve ir a campo para confirmar ou não a prestação do serviço. O cronograma a ser seguido é de planejamento, execução, encaminhamento do relatório ao órgão auditado e por fim, a certificação de contas”, informa.