Gestão do Sistema Único de Assistência Social será pauta de encontro

 

Nos dias 20 e 21 de fevereiro acontece, no auditório João Bosco, na Assembleia Legislativa do Estrado do Amazonas (ALE-AM), o IV Encontro de Gestores Municipais do Sistema Único de Assistência Social (Suas). O objetivo é discutir as formas de operacionalização do sistema com secretários municipais e conselheiros dos 62 municípios do Amazonas.

Além dos secretários, um técnico de cada município poderá participar do evento. São esperadas 120 pessoas, que durante dois dias irão tratar sobre gestão e planejamento, orçamento, financiamento e os desafios para gestão do Suas no Amazonas. “Este evento é muito importante para que possamos discutir de maneira coletiva as formas de facilitar o acesso ao Suas”, destaca a secretária de Estado de Assistência Social, Márcia de Souza  Sahdo.

No primeiro dia do encontro, a secretária Márcia de Souza  Sahdo e a Diretora de Planejamento da Seas, Giselle Pignolati, irão falar sobre o tema “Gestão e Planejamento: Orientações para a revisão dos planos municipais de Assistência Social”.

Em seguida, está prevista a exposição do tema “Desafios para gestão do Suas no Amazonas”, que será explanado pela diretora do Departamento de Gestão do Suas (DGSUAS), Anny Letícia Coelho. Participam das discussões representantes das gerências de Vigilância Socioassistencial, da Gestão da Informação e da Gestão do Trabalho.

À tarde haverá exposição do painel “Apresentação do Relatório do Pacto de Aprimoramento da Gestão 2018” e a realização da Assembleia do Colegiado Estadual de Gestores do Estado do Amazonas (Coegemas). Está prevista ainda a recomposição da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Segundo dia - No dia 21, o destaque será o “Papel das instâncias de negociação, de pactuação e controle social no Suas (CIB e CEAS).

Neste dia, ainda pela manhã, estão previstas a realização oficinas simultâneas: Proteção Social Básica (DPSB), Proteção Social Especial (DPSE) e Gestão do Suas (DGSUAS). Em seguida, às 09h, haverá a Reunião Extraordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

A programação segue no turno vespertino com a mesa redonda “Orçamento e financiamento no SUAS”, que vai tratar da reprogramação de saldos do confinamento federal e estadual e o  demonstrativo sintético de execução físico financeira.

“Esperamos que este evento seja bastante produtivo porque a partir dele iremos discutir, realinhar e desenvolver ações intersetoriais relacionadas a política pública de assistência social. Por isso, é muito importante a participação dos secretários municipais e conselheiros”, reforça Márcia de Souza Sahdo.