Governo do Amazonas regulariza 100% dos meios de hospedagens de Parintins no Cadastur

FOTO: DIVULGAÇÃO/AMAZONASTUR
FOTO: DIVULGAÇÃO/AMAZONASTUR

Após uma semana intensa de fiscalização nos meios de hospedagens em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), o Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), regularizou 100% dos meios de hospedagem cadastrados junto ao Ministério do Turismo (Mtur), através do sistema de Cadastros dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur).
Antes da fiscalização do Governo do Estado, que começou no último dia 5 (terça-feira) de junho, o município tinha apenas nove de 33 empreendimentos regulares, segundo informou Robson Guimarães, técnico da Gerência de Registro e Fiscalização (GRF), da Amazonastur, responsável pelo trabalho na Ilha Tupinambarana.
“Além desses empreendimentos, a Amazonastur constatou novos meios de hospedagens instalados no município ainda sem o Cadastur e visitou todos eles com intuito de sensibilizá-los sobre a importância de efetivarem seus cadastros junto ao Ministério do Turismo”, informou Robson.
A primeira etapa de fiscalização ocorreu de 5 a 8 de junho e contou com o apoio da Prefeitura  de Parintins. “A ação de cadastramento junto ao Mtur é contínua, por isso, o trabalho vai prosseguir”, finalizou o técnico da Amazonastur.
Ação – Além da fiscalização para verificar a regularidade dos meios de hospedagens junto ao Ministério do Turismo, o Governo do Amazonas realiza também uma ação integrada, em parceria com Vigilância Sanitária e o Corpo de Bombeiros, no sentido de verificar a segurança dos hóspedes, bem como orientar quanto as questões relacionadas a higiene dos hotéis, a manipulação de alimentos e questões sanitárias.
Afora os hotéis cadastrados na atividade dos meios de hospedagens, a Amazonastur efetivou o cadastro de sete novos empreendimentos do Cama e Café, projeto de hospedagem alternativa muito usado em alguns países da Europa e na região Sudeste do Brasil.
Benefícios – De acordo com o Ministério do Turismo, os empreendimentos cadastrados no Cadastur terão acesso a financiamento por meio de bancos oficiais; apoio em eventos, feiras e ações do Ministério do Turismo; Incentivo à participação em programas e projetos do governo federal; participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo Ministério do Turismo; visibilidade nos sites do Cadastur e do Programa Viaje Legal.