Anel Sul recebe serviços preliminares para instalação do trevo

FOTO: DIVULGAÇÃO/SEINFRA
FOTO: DIVULGAÇÃO/SEINFRA

Setenta e duas estacas já foram cravadas no Anel Viário Sul, na área do antigo Café da Joelza, situado na avenida Torquato Tapajós. Serão 197 no total, encravadas em três fileiras, necessárias para a implantação do trevo do anel viário. A informação é da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), responsável pela obra iniciada no começo de março deste ano.

Atualmente, as equipes trabalham na limpeza da área, onde foi realizada a supressão vegetal na alça situada no lado direito, sentido centro/bairro da Torquato Tapajós, entrando na avenida Engenheiro José Henriques, mais precisamente na ladeira que dá acesso ao Centro de Treinamento e Exame veicular do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM).

Quando estiver pronta, essa alça terá 568,51 metros de extensão e fará parte do complexo a ser construído no local para facilitar o acesso às diversas vias existentes na área, oferecendo diferentes alternativas para o tráfego de veículos. Esses serviços fazem parte da obra de implantação do Anel Sul, que interligará o Distrito Industrial de Manaus ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, reduzindo, consideravelmente, os custos, tempo de transporte e desviando o tráfego de veículos pesados do centro de Manaus.

Mobilidade urbana - Todas as determinações e indicações feitas à Seinfra para que a obra fosse liberada já foram tomadas ou estão em andamento, informou o secretário executivo de Infraestrutura, engenheiro Fernando Elias. “A retomada dessa obra é de fundamental importância para Manaus em termos de mobilidade urbana. Daí o esforço no sentido de liberar todos os entraves ainda existentes”, voltou a afirmar.