Polícia Civil prende homem após ele descumprir medida protetiva e ameaçar de morte a ex-companheira

FOTO: Divulgação
FOTO: Divulgação

A Polícia Civil do Amazonas, por meio das equipes de investigação da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM) e 34ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Careiro da Várzea, sob o comando dos respectivos delegados titulares das unidades policiais, Débora Mafra e David Jordão, cumpriu na manhã desta quinta-feira (07/12), mandado de prisão preventiva por ameaça em nome de um homem de 29 anos.

De acordo com a delegada Débora Mafra, o infrator foi preso na casa onde morava, situada na rodovia federal BR-319, em Careiro da Várzea, município distante 25 quilômetros em linha reta da capital. O mandado de prisão preventiva em nome dele foi expedido no dia 30 de novembro deste ano, pelo juiz Julião Lemos Sobral Júnior, no Plantão Criminal.

“O infrator já foi preso três vezes pelo crime de ameaça, combinado com a Lei Maria da Penha, cometido contra a ex-companheira dele, uma jovem de 24 anos. Ele estava em liberdade provisória, fazendo uso de tornozeleira eletrônica. Ele descumpriu medidas protetivas de urgência, concedidas em benefício da vítima, e continuou perseguindo e a ameaçando de morte. Por conta disso representei à Justiça o pedido de prisão preventiva em nome dele”, explicou Mafra.

Indiciado por ameaça, ao término dos procedimentos cabíveis na DECCM, o infrator será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.