Arsam realiza palestra de orientação aos moradores do Igarapé da Sharp

FOTO: Divulgação / Arsam
FOTO: Divulgação / Arsam

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) participou, na tarde da última quarta-feira (06/12), de uma das ações do processo de assentamento das famílias que moram às margens do Igarapé Comunidade da Sharp, comunidade que integra o Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). Nessa área, serão realizadas obras de melhorias das vias de acesso, quadras poliesportivas, pistas de caminhada e mais de mil famílias serão indenizadas pelo programa. O convite para a participação partiu da Unidade Gestora de Projetos Especiais da Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Manaus.

A palestra institucional foi realizada pelo chefe do departamento comercial e de tarifas, Amiraldo Braga, e pelo Ouvidor, Rafael Affonso, no Centro Paroquial da Igreja Católica Sant’Ana, bairro Armando Mendes. O objetivo foi demonstrar o papel da Arsam com relação à fiscalização dos serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário e transporte rodoviário intermunicipal coletivo de passageiros.

“Nosso intuito é sensibilizar a comunidade em relação ao pagamento pelos serviços de água, o que não acontecia às margens do igarapé. Para isso, realizamos orientação de consumo e de cálculo da tarifa, incluindo os critérios para que eles possam usufruir da tarifa social. Eles precisam saber dos seus direitos e deveres para pleitear melhores condições de serviço”, enfatizou Amiraldo Braga. Uma reclamação sobre a qualidade da água foi registrada diretamente com o ouvidor da Arsam.