Abril Cultural Indígena é aberto em Manaus

Foto - Divulgação-Seind
Foto - Divulgação-Seind

O 4º Abril Cultural Indígena foi aberto oficialmente pelo Governo do Amazonas no início da noite desta terça-feira, no Centro de Mídias da Secretaria de Estado de Educação (Seduc/AM) em Manaus, com o tema “Educação é um direito, mas tem que ser do nosso jeito”. O objetivo é estimular o reconhecimento e a valorização dos povos e culturas indígenas, com o fortalecimento da identidade e a promoção da sustentabilidade socioeconômica dessas populações no Amazonas.

Após a solenidade de abertura, que foi marcada pela palestra “Contribuição Indígena na Formação da Cultura Amazonense” e a apresentação de Djuena Tikuna, o evento alusivo ao mês indígena prossegue com atividades na capital e interior do Estado. A programação prevê uma feira de exposição e comercialização de produtos indígenas, outras apresentações culturais e treinamento para a retirada de Nota Fiscal Eletrônica.

 A quarta edição do Abril Cultural Indígena é uma organização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado para os Povos Indígenas (Seind) e parceiros como a Seduc (na Gerência de Educação Escolar Indígena) e a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz/AM).

O tema da palestra de abertura também será estendido a escolas públicas de Manaus e do interior do Estado pela Seind. “Queremos fazer um panorama da contribuição indígena para a identidade amazonense”, justificou o secretário da Seind, Bonifácio José Baniwa. “Estamos envolvendo todos os nossos técnicos e assessores, que irão às escolas para ministrar as palestras e mostrar a importância dos povos indígenas à comunidade estudantil”, disse.

Transmitidos ao vivo para 13 municípios, os trabalhos desta terça-feira foram abertos pelo secretário adjunto da Seind, Amarildo Maciel Munduruku,  a secretária Adjunta do Interior, Oceania Dutra, e a gerente de Educação Escolar Indígena da Seduc, Alva Rosa Tukano, que ministrou a palestra ao lado da também indígena Otacila Lemos Barreto Tukano e da diretora do Departamento de Políticas Públicas Educacionais (Deppe/Seduc), Vera Lúcia Lima.

 “É um momento de reflexão das nossas conquistas e lutas como povos indígenas, que queremos trazer para dentro das escolas para ser, inclusive, discutido e incluído a cultura desses povos no currículo escolar”, destacou Amarildo Munduruku.

O evento teve a participação de representantes da Gerência de Educação Escolar Indígena (GEEI), universidades públicas e privadas e de organizações indígenas. Em meio à discussão, a secretária adjunta pedagógica da Seduc, Magaly Portela Régis fez o lançamento dos concursos de redação e vídeo sobre a temática abordada no Abril Cultural.

 Mais Abril Cultural – Entre os dias 14 e 16 está programada a Feira de Exposição e Comercialização de Produtos Indígenas, no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, localizado na Avenida Brasil, nº 1335, Santo Antônia, na Zona Oeste de Manaus.

 O encerramento das atividades na capital ocorre no dia 16, das 8h às 11h30, no auditório do Centro de Treinamento Padre José de Anchieta (Cepan). Nos dias 22 e 23, porém, os indígenas terão a oportunidade de participar de um treinamento sobre a utilização da Nota Fiscal Avulsa, no horário das 9h às 12h. Ainda no dia 22, a Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE/AM) realiza uma homenagem especial ao Dia do Índio.

 Interior – O Abril Cultural prossegue no interior do Estado, com a Semana de promoção Cultural e dos Direitos dos Povos Indígenas do Purus (de 15 a 21/04, em Lábrea e Tapauá); Semana Cultural Alusiva ao Dia do Índio (18 e 19/04, nas comunidades Umariaçú 1 e 2, em Tabatinga); Festival Cultural e Esportivo do Povo Munduruku – Terra Indígena Kwatá Laranjal (de 20 a 22/04, em Borba); Semana Cultural Indígena dos Povos Airãoense (25 e 26/04, em Novo Airão); 1º Festival Cultural Indígena de Alvarães (de 25 a 27/04); Festival Cultural Indígena da Comunidade Boa Sorte (de 25 a 27/04, em Beruri); e Jogos dos Povos Indígenas do Vale do Javari (1º de maio, em Atalaia do Norte).

A ação faz parte do plano de trabalho da câmara técnica “Promoção dos Povos Indígenas”, do Comitê de Atuação Integrada entre o Governo do Amazonas e a Funai.

——————–

 

Programação do 4º Abril Cultural Indígena

 

Manaus

DATA LOCAL HORA

ATIVIDADE

1/04 Centro de Mídias da Secretaria de Estado de Educação (Seduc/AM) em Manaus. 18h40 Solenidade de Abertura: palestra “A Contribuição Indígena na Formação da Cultura Amazonense”; participação musical de Djuena Tikuna; lançamento dos concursos de  redação e vídeo.
2 a 30/04 Escolas públicas de Manaus e interior do Estado. A definir Palestra “A Contribuição Indígena na Formação da Cultura Amazonen-se”.
14 a 16/04 Seduc/AM A

definir

Feira de Exposição e Comercialização de Produtos Indígenas.
14 a  16/04 Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, em Manaus. A

definir

Feira de Exposição e Comercialização de Produtos Indígenas.
16/04 Auditório do Cepan A definir Encerramento do Evento.
22/04 Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE/AM) 10h Homenagem Especial pelo Dia do Índio.
22 e 23/04 Sefaz/AM 9h às 12h Treinamento Nota Fiscal Eletrônica Avulsa.

 

Interior do Amazonas  

DATA LOCAL ATIVIDADE
15 a 21/04 Lábrea e Tapauá Semana de promoção Cultural e dos Direitos dos Povos Indígenas do Purus.
18 e 19/04  

Tabatinga

Semana Cultural Alusiva ao Dia do Índio, nas comunidades Umariaçú 1 e 2.
20 a 22/04 Borba Festival Cultural e Esportivo do Povo Munduruku – Terra Indígena Kwatá Laranjal.
25 e 26/04 Novo Airão Semana Cultural Indígena dos Povos Airãoense.
25 a 27/04 Alvarães 1º Festival Cultural Indígena de Alvarães.
25 a 27/04 Beruri Festival Cultural Indígena da Comunidade Boa Sorte.
1/05 Atalaia do Norte Jogos dos Povos Indígenas do Vale do Javari.

Fonte: Detno/Seind