Governo do Amazonas avança na Gestão de Áreas Protegidas Estaduais

FOTO - DIVULGAÇÃO
FOTO - DIVULGAÇÃO

O Governo do Amazonas realizou na última terça-feira, 11 de março, na sede do município de Borba, as Consultas Públicas do Plano de Gestão da Reserva de Desenvolvimento – RDS Matupiri e Parque Estadual Matupiri. 

Ambas são áreas protegidas criadas em 27 de março de 2009 no âmbito das medidas ambientais da área de influencia da BR-319, sendo a primeira da categoria de Uso Sustentável e a segunda de Proteção Integral.

 A secretária de Estado do Meio Ambiente, Kamila Amaral, durante a abertura da consulta pública destacou a importância da presença das lideranças comunitárias neste evento.

 “Os Planos de Gestão das Unidades de Conservação são resultantes de um processo técnico de reconhecimento e pesquisa dessas áreas protegidas, e o Governo do Estado do Amazonas está dedicado a ouvir as recomendações e contribuições das comunidades locais, instituições públicas e privadas, para que assim possamos juntos elaborar o planejamento e a gestão ambiental efetiva”, destacou.

 Kamila Amaral frisou também que o objetivo principal da RDS é a geração de renda e melhoria da qualidade de vida das populações residentes tradicionalmente nestas comunidades. 

Parque Matupiri – O Parque Estadual Matupiri possui 513 mil hectares na abrangência dos municípios de Borba e Manicoré, nas bacias dos rios Matupiri e Autaz Mirim. O estudo identificou 66 famílias usuárias na área de entorno da área protegida, em sua maioria da Terra Indígena Cunhã Sapucaia, totalizando mais de 300 pessoas. A SDS instituiu o Conselho Consultivo do Parque em 15 de janeiro de 2014, com 15 conselheiros, que receberam posse em 11 de março de 2014.

 Reserva Matupiri – A RDS Estadual Matupiri possui 179 mil hectares na abrangência do município de Borba, nas bacias dos Rios Matupiri e Autaz Mirim. O estudo identificou 14 famílias usuárias na área de entorno da área protegida, em sua maioria da Terra Indígena Arary, totalizando mais de 60 pessoas. A SDS instituiu o Conselho Consultivo do Parque em 15 de janeiro de 2014, com 13 conselheiros, que receberam posse em 11 de março de 2014.