Governo do Amazonas beneficia mais de 160 famílias da associação de mães da japiinlândia

Foto - Herick Pereira / AGECOM
Foto - Herick Pereira / AGECOM

O Fundo de Promoção Social (FPS) do Governo do Amazonas beneficiou nesta terça-feira, dia 11 de junho, mais de 160 famílias do Clube de Mães da Japiinlândia’ com a entrega de equipamentos de informática e mobiliários para os cursos profissionalizantes da instituição. A entrega foi feita pela presidente do FPS e primeira-dama, Nejmi Aziz, na sede da instituição, localizada no bairro da Japiinlândia, zona sul de Manaus.

A entidade recebeu 15 computadores, condicionadores de ar e materiais que vão oferecer suporte para as famílias garantirem aperfeiçoamento profissional e inserção no mercado de trabalho. Os benefícios foram adquiridos por meio de convênio firmado entre o Governo do Estado e entidade, no valor de R$ 40,9 mil, após aprovação do projeto da associação pelo FPS.

A presidente do FPS, Nejmi Aziz, enfatizou o trabalho da Gestão Omar Aziz ao criar oportunidades para as famílias amazonenses. “Fico feliz porque esse projeto vai beneficiar tanto a associação quanto a comunidade que precisa de apoio para melhorar suas vidas. E esse é o objetivo do governador Omar Aziz de conceder sempre oportunidades para as pessoas do nosso Estado”.

Os equipamentos devem aperfeiçoar o ensino dos associados, conforme afirma a presidente do Clube das Mães, Jacilene Franco. “Esse investimento é um sonho para todos porque vínhamos lutando para ter esses materiais. Assim como os demais cursos, esse laboratório de informática vai promover qualidade de vida paras os pais, jovens e idosos com boa aprendizagem”, ressaltou.

Inclusão social – A associação funciona há mais de 30 anos e desenvolve atividades socioeducativas para as famílias do bairro, como produções de artesanato, corte e costura, manicure, entre outros. A dona de casa, Luzanira de Carvalho, 63, frequenta a instituição há dois anos e disse que o local serve, diariamente, para aprender novas coisas e levar a vida com mais alegria.

“Quando passei a participar da associação melhorei demais a minha vida, deixei para trás a depressão e hoje eu faço diversas danças, ginástica e agora as aulas de informática”.