Governador Omar Aziz lança Ronda no Bairro na zona leste e destaca investimento na área de Segurança Pública

Foto: Chico Batata
Foto: Chico Batata

O governador do Amazonas, Omar Aziz, afirmou nesta quinta-feira, dia 19 de julho,  durante lançamento do programa Ronda no Bairro na zona leste de Manaus, que a área de segurança pública está recebendo o maior investimento da história no Estado. São cerca de R$ 300 milhões em infraestrutura, viaturas e equipamentos para as polícias Civil e Militar. “Em termos de orçamento o que foi colocado na polícia, a quantidade de recursos que foi alocada para a Segurança, nunca houve no Amazonas o que nós fizemos em pouco tempo”, destacou Omar Aziz, durante a inauguração do 30º Distrito Integrado de Polícia, no conjunto João Paulo, evento que marcou o início do programa nos bairros da zona leste.

A unidade de polícia é uma das cinco construídas ou reformadas  e ampliadas pelo Governo do Estado em preparação para o Ronda no Bairro nesta área da cidade. O número de DIPs na zona leste dobrou de quatro para oito. Com o programa, 226 viaturas passam a atuar na área, sendo 100 veículos quatro rodas e 126 motocicletas.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, coronel PM Paulo Roberto Vital, o efetivo de policiais na zona leste, que era de pouco mais de 400 policiais, vai para 1.163. O secretário Executivo do Programa Ronda no Bairro, tenente coronel Amadeu Soares, destacou que a zona leste é a segunda maior área da cidade em população, com cerca de 447 mil habitantes, atrás da zona norte que tem 496 mil e onde o programa Ronda no Bairro funciona desde fevereiro deste ano com índices de redução na criminalidade.

O início do programa na zona leste marca a segunda fase de implantação do Ronda no Bairro, que inclui, ainda nesta etapa, a zona centro-sul, onde começa a funcionar a partir do próximo dia 26. A meta do Governo do Amazonas é alcançar todas as seis zonas geográficas de Manaus até o final de setembro deste ano.

Prevenção –  Ao lado da primeira-dama Nejmi Aziz e de seu vice-governador, José Melo,  o governador  Omar Aziz destacou, durante a solenidade que marcou o início do Ronda no Bairro na zona leste, que o Governo do Estado também está empenhado no trabalho de prevenção à criminalidade, por meio de programas sociais e de capacitação, a exemplo do programa Oportunidade & Renda, que oferece qualificação de trabalhadores para novas oportunidades de emprego e renda, com o incentivo ao empreendedorismo. Omar Aziz ressaltou, ainda, que projetos como o da Cidade Universitária da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), lançado por ele na última semana, demonstra que o Governo do Estado pensa o Amazonas também para o futuro.

Investimentos –  Ao falar dos investimentos maciços feitos na área, Omar Aziz disse que agora não há mais desculpa para que o policial não preste um bom serviço. “Antigamente se reclamava de falta de viatura, de pessoal, de baixa remuneração. Resolvemos tudo isso, aumentando salários  e o número de efetivo policial. Não faltam mais viaturas, equipamentos, armamentos, coletes e estrutura física adequada para as pessoas poderem trabalhar. Com esse reforço, se espera uma cobertura ampla e a presença constante da polícia junto à comunidade, atuando na prevenção ao crime”, observa o governador Omar Aziz. Segundo ele, agora, cada policial tem seu colete e sua arma e as viaturas são novas. “Não tem mais desculpa. O cidadão não pode mais chegar numa delegacia e o policial dizer que a viatura está quebrada ou não tem combustível”.

Uma das principais características do programa é a prevenção ao crime, com o reforço no policiamento ostensivo. O Ronda no Bairro destaca para cada raio de três quilômetros quadrados, ou sete quarteirões, uma ronda fixa com 18 policiais, duas motocicletas, uma viatura equipada com tecnologia moderna, incluindo câmeras de monitoramento, GPS e sistema de radiocomunicação, atuando 24 horas por dia. A zona leste, por exemplo, foi dividida em 41 setores, sob a influência de oito DIPs – 4º, 9º, 11º, 14º, 25º, 28º, 29º e 30º DIP.

Estrutura foi ampliada – Além de construir novas delegacias, o Governo do Amazonas também reformou e ampliou as já existentes. Na zona leste são dois novos DIPs construídos – o 25º no bairro Armando Mendes e o 29º no Mauazinho, que está em obra. Outros três foram totalmente reformados e ampliados – 4º DIP (Grande Vitória), 11º (Coroado) e 14º (Grande Circular). Os novos distritos são padronizados, cada com uma delegacia e uma Companhia Interativa Comunitária (Cicom), para que as polícias Civil e Militar atuem integradas. Todos possuem auditório, refeitório, conforto, uma sala específica para o Conselho de Segurança Comunitária, além de seguir os padrões de acessibilidade para portadores de deficiência, incluindo rampa e elevador.

Para implantar o Ronda no Bairro, o Governo do Estado precisou expandir toda a estrutura de segurança da cidade. Aumentou o efetivo em mais 2.500 policiais militares e 1 mil policiais civis; está aumentando de 17 para 30 a quantidade de DIPs em toda a cidade, além de reformar e ampliar as demais estruturas de segurança, como o Ciops, equipando-as e dotando-as de tecnologia moderna. Também foi necessário investir na valorização do policial, com reajuste salarial, capacitação, treinamento, compra de armamentos, kits táticos operacionais, coletes balísticos, fardamentos entre outras aquisições.

A frota de veículos das polícias Civil e Militar foi completamente renovada com 965 viaturas novas, incluindo carros e motocicletas, todas para aplicação no policiamento na capital e em todos os municípios do Estado. Nenhuma cidade do interior recebeu menos de duas viaturas para as atividades policiais.

Novo conceito – Para garantir a presença mais efetiva da polícia junto ao cidadão, a área territorial de Manaus foi dividida em seis zonas (norte, leste, sul, oeste, centro-oeste e centro-sul) e subdividida para atuação de 30 Distritos Integrados de Polícia (DIP). De acordo com o secretário Estadual de Segurança Pública, coronel PM Paulo Roberto Vital de Menezes, o Ronda no Bairro valoriza o relacionamento entre o cidadão e o policial. “Essa estratégia de policiamento de proximidade também propicia a consolidação de um modelo inovador no Amazonas, que é a atuação integrada dos órgãos do sistema de Segurança Pública”, enfatiza Vital.

Cada viatura que cobre o setor possui um número específico de telefone para o qual o morador da área deverá ligar e denunciar a ocorrência. Os moradores também recebem um folder explicativo no qual consta o número do telefone e a foto dos policiais que atuam na sua área. As chamadas também podem continuar sendo feitas para o número 190, que continua ativo.

Tecnologia aplicada em segurança pública

O Governo do Amazonas investiu na modernização da infraestrutura tecnológica, que dá suporte ao funcionamento do Programa Ronda no Bairro, na zona leste de Manaus. Foram instalados 80 quilômetros de rede de fibra ótica, que permitiu a implantação do Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), em todos os oito distritos policiais da zona leste. O serviço foi executado pela empresa Processamento de Dados do Amazonas S/A (Prodam), que também foi responsável pelo desenvolvimento do Sisp.

O diretor-presidente da Prodam, Tiago Paiva, explica que a implantação do Sisp nas delegacias da zona leste permitirá que o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) tenha controle sobre as ações que serão desenvolvidas nos DIPs da região. A incorporação de tecnologias inovadoras ao sistema de segurança pública deverá agilizar o atendimento de ocorrências.

O diretor ressalta que as delegacias da zona leste comportam uma completa infraestrutura de rede, composta por cabos de fibra ótica, instalações elétricas e novos equipamentos. Cada unidade comporta um servidor, destinado ao armazenamento de voz e imagem, gerados pelas viaturas do Ronda no Bairro. O servidor tem capacidade para armazenar até 2 terabytes de informações. Os DIPs estão equipados, também, com antena de sinal wireless (wi-fi), exclusiva para tráfego de dados.

Todas as viaturas do programa estão equipadas com equipamento de GPS, que dá a localização exata do veículo e permite o acompanhamento do percurso, durante os deslocamentos. Cada viatura tem seis câmeras instaladas, sistema de radiocomunicação, um telefone móvel (que será afixado no veículo), um identificador biométrico, uma impressora para impressão do resumo do Boletim de Ocorrência e tablet, para acesso ao Sisp. As imagens geradas no veículo são transmitidas, instantaneamente, ao Ciops através de sinal de 3G. Ficam, também, armazenadas, nas viaturas, pelo período de 15 dias e no Data Center da Prodam.

A partir da implantação do Ronda no Bairro, o sistema de segurança pública passou a contar com um equipamento chamado de video wall e o novo sistema de radiocomunicação mudou de analógico para digital, conforme explicou Paiva. O novo sistema de radiocomunicação, diz ele, permite, inclusive, a localização geográfica de cada policial, que está utilizando o radiotransmissor durante o policiamento de rua.

O video wall é um equipamento composto por uma série de monitores, interligados entre si e sobrepostos, de modo a formar uma grande tela. Três destes equipamentos estão disponíveis no Ciops – um na sala de crise, outro na de monitoramento e o último na sala de despacho.

Fotos

mais imagens

Vídeos

Áudios