Governador Omar Aziz inaugura primeira Bienal do Livro do Amazonas

Foto: Alex Pazuello
Foto: Alex Pazuello

O governador do Amazonas, Omar Aziz, inaugurou nesta sexta-feira, 27 de abril, a 1ª Bienal do Livro Amazonas, evento que faz parte do Programa de Incentivo à Leitura e ao Livro Mania de Ler, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Cultura. Até o dia 6 de maio, a população vai poder conferir uma programação rica de atividades culturais voltadas para a literatura, no Studio 5 Centro de Convenções, na avenida General Rodrigo Otávio, 3.555, Distrito Industrial, que deverá receber um público de mais de 200 mil pessoas.

A 1ª Bienal do Livro Amazonas pretende transformar Manaus em um polo de cultura e diversão durante os próximos dez dias, reunindo 60 expositores, 50 autores e 50 mil estudantes em espaços como o “Tacacá Literário”, “Livro Encenado”, “Flores de Livros” e “Território Livre”, além do lançamento de livros.

A realização da Bienal do Amazonas traduz um dos principais objetivos do programa “Mania de Ler”, do Governo do Estado, que visa despertar o hábito da leitura, em diversos gêneros textuais, e promover a formação educacional, a circulação de edições locais e o conhecimento e contato com escritores.

Segundo o governador, o programa Mania de Ler busca o máximo de capilaridade possível para que todos tenham acesso à leitura. “Estamos fornecendo desde vale para alunos e professores comprarem livros, como também disponibilizando cerca de 250 mil títulos em espaços diversos, como transporte aéreo, hidroviário, hospitais e praças, em todos os municípios. A leitura tem que estar em primeiro plano. O importante é que o livro chegue às pessoas”, disse o governador, ao destacar que o projeto também traz visibilidade aos escritores amazonenses.

De acordo com o governador, o programa ‘Mania de Ler’ é uma oportunidade para que a população amazonense, sejam crianças, adultos, idosos, pessoas com deficiência, tenha acesso ao fascinante mundo da leitura, que educa, promove um intercâmbio cultural, torna o cidadão mais crítico e participativo dentro da sociedade. “No meu Governo não estamos medindo esforços para continuar investindo e ampliando ações como esta, pois leitura é educação, é progresso”.

Durante a abertura da Bienal, o governador visitou os estandes para conferir de perto as áreas de atuação do programa Mania de Ler, entre os quais a Biblioteca Braile, que lhe chamou atenção. O espaço permite acessibilidade não só aos deficientes visuais como a outras pessoas com deficiência, desde o incentivo à leitura pelo método Braile até a inclusão digital.

No total, o Programa de Incentivo à Leitura e ao Livro Mania de Ler, orçado em R$ 17,8 milhões, engloba 46 projetos e subprojetos nos mais diversos campos, como a popularização da leitura; a atenção às pessoas com deficiência; o estimulo à produção literária e premiação; o cuidado e preservação do livro; o estímulo à ação escolar e ao processo de edição local de obras, bem como o estimulo à promoção e divulgação.

Segundo o secretário estadual de Cultura, Robério Braga, o programa atende a uma vontade antiga do governador Omar Aziz de realizar uma grande ação de incentivo à leitura em todo o Estado. “O Governo já vinha realizando algumas ações voltadas ao livro e à leitura. Diversas Salas de Leituras foram montadas nos últimos anos e a Biblioteca Braille ganhou novas instalações e equipamentos modernos. Dentro do Programa de Apoio às Artes, o Proarte, já era realizado o Concurso de Dramaturgia Álvaro Braga, o Concurso de Incentivo à Leitura e ao Livro Mania de Ler e o Concurso para Produção Literária Inédita, dentre outros. É nesse sentindo que vamos continuar trabalhando, para que os mais de 40 projetos estejam consolidados nos próximos anos, visando à melhoria da educação do povo amazonense e a valorização dos nossos autores,” ressalta o secretário.

O “Mania de Ler” pretende alcançar todas as faixas etárias e níveis de interesse, estimulando leitura, educação, circulação de livros e provocando o hábito saudável da mania ler. Serão realizadas campanhas motivacionais, com aplicação de exemplos com figura-símbolo do Estado, para doação, debates sobre o tema com editores, professores, autores. Será apoiada, ainda, a formação de grupos de voluntários sociais interessados em estimular a leitura.

Além do estímulo ao hábito da leitura, educação e acesso ao livro, o programa visa oportunizar a circulação de edições locais e tradução de autores amazonenses, tornar o livro um elemento presente nas ruas e lugares públicos e realizar festa de autores e mercado de livro.

 As atividades do “Mania de Ler” serão realizadas em presídios, asilos, abrigos, hospitais, maternidades, terminais de ônibus, centros estaduais de convivência, barcos, instituições de ensino, feiras, shoppings centers, postos de gasolina, lojas de conveniência, aeroportos, rodoviárias, praças públicas, supermercados, comunidades rurais e sede dos Municípios. O programa está dividido em três fases de execução. A primeira será realizada em 2012, a segunda em 2013 e a terceira em 2014.

Resumo dos Projetos

Áudios

  • Governador Omar Aziz ressalta a importância da literatura no Amazonas

    Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

  • mais áudios