Governo do Amazonas vai realizar a 1ª Copa Indígena da Região Metropolitana de Manaus

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com patrocínio da Petrobras, o Governo do Amazonas anunciou nesta quinta-feira, dia 1º de dezembro, a realização da 1ª Copa Indígena de Futsal da Região Metropolitana de Manaus. A competição será realizada nos dias 14, 15 e 16 deste mês.

 A coordenação do evento será realizada em parceria entre as secretarias de Estado para os Povos Indígenas (Seind) e de Juventude, Desporto e Lazer (Sejel). Ao todo, 20 equipes participarão dos jogos, que acontecerão na Arena Amadeu Teixeira (avenida Constantino Nery, s/nº, Alvorada, zona Centro-Oeste).

 A abertura será no dia 13, às 19h, no auditório da Fundação Vila Olímpica (FVO – avenida Pedro Teixeira, nº 400, Dom Pedro, zona Centro-Oeste), com a presença de todas as delegações. A tabela de jogos ainda está em fase de elaboração e será apresentada nos próximos dias pela Sejel.

 Os indígenas vão entrar em quadra pela manhã e à tarde. As seleções que vão brigar pelo título representam os municípios de Manaus, Itacoatiara, Rio Preto, Careiro da Várzea, Careiro Castanho, Manaquiri, Autazes, Manacapuru, Iranduba e Novo Airão. Todas estarão identificadas pelo nome da cidade na camisa.

 A entrada será gratuita. Semifinal e final estão programadas para o dia 16. Os campeões recebem medalhas e troféus. O objetivo da copa é promover a valorização e a divulgação da diversidade cultural dos povos indígenas da Região Metropolitana de Manaus, por meio da realização de atividades esportivas. Mais de 300 atletas de dez organizações são beneficiados diretamente com a ação.

 Para realizar a Copa Indígena, Seind e Sejel têm ainda a parceria da empresa S. Nunes e Cia Ltda., Secretaria de Estado da Educação (Seduc), FVO e Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

 Inscrições – As inscrições já estão abertas, segundo informou o chefe do Departamento de Etnodesenvolvimento (Detno) da Seind, Cristiano Oliveira. “A Secretaria está enviando o convite para cada associação com a ficha de inscrição em anexo”,informou.

 Um dos principais requisitos para a participação no torneio é que o atleta seja indígena. “Incluímos isso no regulamento e, caso seja detectado a participação de não indígena, a delegação será desclassificada automaticamente”, avisou.

 Punição – As delegações vão ficar hospedadas no hotel da FVO e receberão todo o suporte logístico da instituição. Mas, os organizadores alertam que, os que não cumprirem as regras do local, também estarão sujeitos a punições.

 “A exemplo do regulamento da competição, quem não se enquadrar, ou seja, cometer excessos dentro da fundação, terá toda a equipe desclassificada e excluída de qualquer competição indígena organizada pelo Governo do Amazonas”, advertiu Cristiano Oliveira.